compo image
  1. COMPO
  2. Guia
  3. Cuidar das plantas
  4. Fundamentos
  5. Adubo e proteção das plantas
  6. O comparativo: o crescimento das plantas de varanda com e sem fertilização

O fertilizante de longa duração com lã de ovelha da COMPO em teste

O comparativo: o crescimento das plantas com e sem fertilização

A Sandra escreve regularmente no seu blog grüneliebe.de artigos sobre diversos temas interessantes, todos ligados à jardinagem. Juntámo-nos a ela para investigar a questão do efeito de um fertilizante de longa duração nas plantas de vaso floríferas. Ela realizou um teste de longo prazo, confrontando plantas fertilizadas e plantas não fertilizadas. O fertilizante utilizado foi o nosso fertilizante biológico COMPO com lã de ovelha para plantas de vaso. Qual a diferença no crescimento das plantas com e sem fertilização?

O plantio

Para criar as mesmas condições iniciais para todos os concorrentes, a Sandra plantou em primeiro lugar duas flores iguais em dois vasos com o mesmo tamanho. Ela escolheu a dipladenia com as suas flores abundantes e a bacopa ornamental de flores brancas para o teste. Acabadas de comprar no centro de jardinagem, ela plantou-as em vasos com substrato universal sem turfa COMPO BIO.

A fertilização

Uma vez que o substrato contém uma fertilização inicial, o fornecimento de nutrientes das plantas em ambos os vasos era assegurado durante as primeiras quatro semanas. Depois disso, a Sandra aplicou o nosso fertilizante BIO num dos vasos. Os pellets de fertilizante foram incorporados na terra de acordo com as instruções na embalagem e de seguida as plantas foram regadas generosamente. Para ter a certeza de que não iria confundir os dois vasos até ao fim do teste, a Sandra marcou o vaso com o fertilizante de longa duração com lã de ovelha com uma ovelha azul - muito apropriado. E agora: estava na altura de esperar e observar!

compo image

Os cuidados

Estamos no início de julho. Num dos vasos encontra-se o nosso fertilizante a fornecer nutrientes às plantas há cerca de cinco semanas, enquanto que no outro vaso não foi feita mais nenhuma fertilização. Todas as plantas foram carinhosamente cuidadas pela Sandra durante este tempo. Isso inclui a rega regular das plantas bem como a retirada de flores murchas. Ela gostou especialmente da bacopa ornamental e disse-nos: "são mesmo plantas super agradáveis, as flores murchas até caem sozinhas. Só é preciso abanar um pouco as plantas de tempos em tempos e tudo o que está seco ou murcho cai - muito fáceis de cuidar, mesmo!"

compo image
Links ohne und rechts mit Langzeit-Dünger

O resultado

E de que forma influenciou então o fertilizante de longa duração o crescimento? Há algum efeito visível? Esta é a conclusão da Sandra: "o crescimento é incrível, sobretudo da bacopa ornamental. A planta pequenina transformou-se numa autêntica almofada de flores que se estende muito para fora do vaso. Já quase não se consegue ver a pequena ovelha azul que utilizei para marcar o vaso fertilizado. A bacopa que não foi fertilizada começou a florescer cada vez menos. Embora ainda surja uma flor ou outra, a maior parte seca logo, só depois formam-se novos botões e aparecem algumas flores uns dias depois. A planta fertilizada não fez essa pausa na floração: continuou sempre a ter inúmeras flores brancas."

Partilhar

compo image

COMPO. Desfrute do seu jardim.

Para principiantes ou especialistas em jardinagem. Vamos trabalhar juntos por uma qualidade de vida mais natural.

Serviço

Mais sobre COMPO