compo image

Fertilização natural é fácil

Jardinagem em harmonia com a natureza: uma filosofia que para a maioria das pessoas também se aplica à fertilização. Seja com composto, guano ou lã de ovelha: há muitas maneiras de fornecer os nutrientes necessários às suas plantas de forma natural. Vamos mostrar-lhe aqui três alternativas.

compo image

Versão 1

Fertilização com composto

A compostagem é uma espécie de reciclagem no jardim. Desta forma torna-se possível livrar-se de uma boa parte dos resíduos orgânicos da sua cozinha e da jardinagem, reciclando-os de forma natural na compostagem e fechando assim o ciclo natural em harmonia com a natureza. O composto é rico em minerais e oligoelementos, o que ajuda a tornar as plantas mais robustas e a melhorar a estrutura do solo. 


Recomendamos que escolhe um local à sombra para a sua pilha de compostagem, por exemplo debaixo de uma árvore alta ou por trás de uma arrecadação. Acima de tudo, é importante que os numerosos e variados micro-organismos tenham acesso à pilha e consigam obter oxigénio suficiente. Para além do material mais húmido e macio, como por exemplo resíduos orgânicos da cozinha ou folhas, deve por isso adicionar à compostagem também camadas mais soltas e secas, por exemplo ramos da última poda que realizou a alguma árvore ou arbusto. Ao respeitar algumas regras simples para a compostagem e se aplicar o nosso produto para compostagem para acelerar o processo de decomposição, obterá em pouco tempo precioso fertilizante biológico: ideal para melhorar a qualidade do solo e o fornecimento natural de nutrientes às suas plantas. 

compo image

COMPO Composter (Activador de Compostagem)

O produto acelerador de compostagem COMPO BIO ajuda a obter precioso composto em 6 a 8 semanas. Assim, consegue obter o fertilizante natural ainda mais depressa e utilizá-lo de forma eficaz.

Para o produto
compo image

Versão 2

Fertilização com guano

Os excrementos de pelicanos, corvos-marinhos e outras aves marinhas são um óptimo fertilizante natural, chamado de guano. Já os Incas usavam guano na agricultura: eles chamavam de "huano" os excrementos de aves marinhas que espalhavam pelos seus campos. Todos os anos, milhares de aves marinhas instalam-se em rochedos da costa do Peru, da Namíbia e do Chile, para procriar e nidificar. As aves alimentam-se sobretudo de peixe. Os animais deixam excrementos que cobrem o rochedo calcário e reagem com este. Desta reação química resulta uma mistura especialmente rica em azoto e fósforo - um fertilizante ideal e naturalmente suave.

Assim que as aves tiverem concluído os seus afazeres de reprodução e partido novamente para o alto mar, é retirado o guano, com todos os cuidados para não afetar o meio ambiente e depois exportado para todo o mundo. Utilizamos há décadas uma proporção bastante elevada de guano nos nossos produtos. O guano contém não só azoto e fósforo, mas também oligoelementos preciosos que fortalecem a vitalidade das plantas. O potássio proveniente de depósitos marinhos ajuda ainda a tornar as plantas mais robustas. Já agora: o nosso fertilizante com guano está também aprovado para ser utilizado na agricultura biológica.

DICA: proteja o solo com uma cobertura de material vegetal seco

Já reparou que na natureza nas zonas verdes não existem solos totalmente descobertos, por norma a terra tem sempre alguma cobertura de plantas ou material orgânico? Isso protege o solo de secar com o calor do sol e da erosão causada pela chuva e pelo vento. Assim, se quiser fazer algo de bom para a terra do seu jardim, aplique-lhe uma boa camada de material orgânico, como por exemplo folhas secas. Para esse efeito recomenda-se por exemplo relva cortada, folhas ou restos de plantas. O solo mantém assim a sua humidade e uma estrutura mais solta, formando uma base ideal para o crescimento natural.

Partilhar

compo image

COMPO. Desfrute do seu jardim.

Para principiantes ou especialistas em jardinagem. Vamos trabalhar juntos por uma qualidade de vida mais natural.

Serviço

Mais sobre COMPO