compo image

As plantas que ajudam a proteger as abelhas e as borboletas

A sobrevivência das abelhas, dos abelhões, das borboletas e outros insetos torna-se cada vez mais difícil na natureza, devido à falta de alimentos, entre outros. Sobretudo a abelha de mel e as outras espécies de abelhas têm uma função importante: ao realizarem a polinização, elas contribuem para a sobrevivência das plantas, asseguram a colheita e acabam por ser fundamentais para que inúmeros animais, que dependem dos prados, das sebes e das árvores, possam continuar a ter um habitat. Com a seleção certa de plantas, torna-se possível criar no seu jardim as condições para acolher estes animais. Vamos mostrar-lhe como transformar o seu jardim num oásis para insetos.

compo image

Flores com muito néctar como fonte de alimento

As roseiras, as dálias e as plantas perenes são populares, mas muitas não fornecem alimento nenhum ou então muito pouco aos insetos. A razão: as plantas com flores recheadas têm no centro das flores um grande número de pétalas, o que é muitas vezes resultado de criação especializada. Os insetos polinizadores têm nesse caso muita dificuldade em alcançar os estames, que por vezes já nem sequer são desenvolvidos. Tenha por isso o cuidado de escolher também plantas com flores simples, não recheadas. Em cada estação do ano há diferentes plantas que satisfazem esse requisito. Na primavera, a presença de salgueiros, rosas de Natal e árvores de fruto, tais como macieiras, pereiras e cerejeiras é muito boa para os insetos benéficos. Também o acónito de inverno e as roseiras silvestres fornecem néctar delicioso aos insetos. No verão, certas plantas perenes, tais como a margarida-amarela, a equinácea, a lavanda, o lilás ou a árvore-das-borboletas fornecem alimento suficiente. Para o outono, deve mesmo apostar em plantas como asteráceas de outono, hortelã-da-montanha, vara-de-ouro e suculentas como o Hylotelephium telephium.

Ao fazer a seleção das plantas, não deve pensar apenas nas borboletas, mas também nas lagartas. Não se preocupe: os animais não vão certamente comer tudo. Ofereça por isso um "buffet" especialmente dedicado às lagartas. Para atrair borboletas como a tartaruga-pequena, o pavão-diurno ou a almirante-vermelho, recomenda-se manter um cantinho não demasiado pequeno no seu jardim onde cresçam urtigas. Ao plantar flores umbelíferas, tais como funcho, dá uma oportunidade às belíssimas borboletas-cauda-de-andorinha, visto que as suas lagartas só comem esse tipo de plantas. As flores de funcho representam uma verdadeira atração para insetos.

compo image

O que ainda pode fazer para ajudar os insetos

Água para abelhas: forneça água suficiente aos insetos

Também as abelhas ficam com sede nos dias quentes de verão! Coloque uma tigela rasa com água nas imediações das plantas das quais as abelhas colhem néctar, ou, caso tenha, próximo da colmeia. Cascalho e pequenas pedras dentro da água servem para as abelhas aterrarem e levantarem voo. Não se esqueça de voltar a encher regularmente com água nova.

Hotel para insetos: Ofereça alojamento às abelhas

As abelhas silvestres dedicam-se tanto à polinização como as abelhas de mel. As abelhas silvestres - a maioria não nos consegue picar - só podem reproduzir-se quando dispõem de locais adequados para isso. Esses locais para reprodução podem ser facilmente criados se fizer furos com diferentes diâmetros em ramos grossos e pedaços de tronco e colocar esses pedaços de madeira num local ensolarado no jardim. Tijolos com furos, trouxas de palha e outros materiais são também adequados.

 

Sinta o poder da natureza

Produtos COMPO BIO para o seu jardim

Partilhar

compo image

COMPO. Desfrute do seu jardim.

Para principiantes ou especialistas em jardinagem. Vamos trabalhar juntos por uma qualidade de vida mais natural.

Serviço

Mais sobre COMPO